OFICINA DE PROCESSOS CRIATIVOS

com Renato Del Campão e Eduardo Kraemer

12 encontros = 48hs/aula

 

Curso aberto a qualquer pessoa - com idade mínima de 15 anos, com ou sem experiência anterior - com objetivo de utilização da linguagem teatral como exercício de potencial criativo, utilização do sensorial,comunicabilidade,

desinibição e expressividade. A metodologia propõe técnicas de relaxamento e sensibilização, método de ações físicas, jogos teatrais diversos, busca de linguagem comum com interpretação ou improvisação, construção de personagem, processos híbridos criativos(utilizando, literatura, artes visuais,vídeos, músicas e performance) e montagem final escolhida pelo grupo.

 

 

RENATO DEL CAMPÃO

Com 38 anos como profissional das artes,estudou durante o ano de 1999,com Augusto Boal e seus monitores do Centro de Teatro do Oprimido do Rio de Janeiro,o CTO-RIO localizado no Teatro Glauce Rocha,uma referência mundial da técnica.Graças ao extinto projeto Descentralização da Cultura da Prefeitura de Porto Alegre,na ocasião admnistrado pelo PT,foi feita uma seleção de oficineiros para aplicarem posteriormente nas suas respectivas comunidades.Del Campão ficou com o IAPI,onde durante todo esse ano construiu o roteiro de “Quem Te Viu,Quem TV”,apresentado no Teatro Renascença.Atuante desde 1980,tem quase cem títulos em seu currículo onde se destacam suas atuações com o grupo Balaio de Gatos,e peças como “Navalha na Carne”,de Plínio Marcos;”Gaspar Hauser”,DE Jacob Wassermann;”Zoo”,DE Edward Albee;”A Vida Escrachada de Joana Martiní e Baby Stompanato”,de Bráulio Pedroso;”Senhora dos Afogados” e “A Serpente”,de Nelson Rodrigues;”Jogos na Hora da Sesta”,de Roma Mahieu;”Querem Acabar Comigo” e “Caio de Boca e Alma”,de Caio Fernando Abreu;”Viva Água Viva”,de Clarice Lispector;”Quem Tem Medo de Itália Fausta?”,de Miguel Magno e Ricardo Almeida;A Dama do Mar”,de Henrik Ibsen;”Cadarço de Sapato ou Ninguém Está Acima da Redenção”,de Sarah Kane e atualmente “Cabaré Veneno”,uma criação coletiva que comemora os quinze anos da Cia Teatrofídico,onde está desde o início como um dos fundadores,ao lado de EDUARDO KRAEMER,diretor do grupo e seu parceiro aqui.Por “Cadarço” recebeu o Prêmio Açorianos de Melhor Ator em 2015(Kraemer o de Melhor Diretor).Além dos títulos citados,vale lembrar duas comédias criadas com Zé Adão Barbosa(Carrie,a Histérica e No Tempo do Onça) a peça infantil “Os Três Porquinhos”,de Hélio Barcellos Jr,onde recebeu o Tibicuera de Melhor Ator em 1998,como o Lobo Mau.Escreveu o livro “A Comédia Negra”,com onze textos seus e no cinema atuou em “O Homem Que Copiava”,de Jorge Furtado e no inédito “Legalidade”,de Zeca Brito.Foi um dos roteiristas de “Memorial de Maria Moura”,para a Rede Globo em 1996,a minissérie mais vendida no Exterior até hoje.

 

EDUARDO KRAEMER

Iniciou sua atividade teatral como iluminador em 1990. Em 1998 dirigiu sua primeira peça, “Espancando a empregada” com Renato Del Campão, Arlete Cunha e Jairo Klein.Tem formação autodidata tendo realizado oficinas com Mauricio Guzinski, Isabel Ibias, Renato Del Campão, Luis Paulo Vasconcelos, Larissa Sanguiné, Cristiane Esteves, Luciana Hoppe, Metteo Bonfito entre outros. Em 2003 fundou a Cia Teatrofídico que participou do Projeto Usina das Artes de 2005 à 2015.Principais trabalhos de direção:Espancando a Empregada de Robert Coover, Bonecas a beira de um ataque de risos de Renato del Campão, Jogos na hora da sesta de Roma Mahieu, Caio de boca e alma de Caio Fernando Abreu, Eu preciso aprender a ser só - criação coletiva, Fala comigo doce como a chuva de Tennessee Williams,Luis Buñuel, Nelson Rodrigues, Clarice Lispector e Sara Kane-com o espetáculo Cadarço de Sapato ou Ninguém está acima da redenção onde recebeu os prêmios de Melhor Direção (Açorianos 2015 e Brasken Em Cena 2016).

 

O GRUPO

CIA TEATROFÍDICO
Fundada em 2003, a Cia. Teatrofídico realiza suas atividades permanentemente tendo por objetivo o aprimoramento de sua linguagem cênica e de seus integrantes e a construção de uma consciência coletiva e de transformação social e individual. Seu primeiro trabalho foi JOGOS NA HORA DA SESTA de Roma Mahieu, texto importante e emblemático que deu ao grupo consistência ideológica e artística tendo sido inclusive indicado ao Troféu Açorianos( Prêmio concedido pela Secretaria Municipal de Cultura de Porto Alegre) para melhor ator – Renato Del Campão e ganho na categoria melhor iluminação – Eduardo Kraemer. No início de 2005 o grupo entrou para o Projeto Usina das Artes, que dividiu o Centro Cultural Usina do Gasômetro em 08 espaços para grupos de pesquisa, proporcionando com isso um “território cultural” primeiramente na sala 302, depois na sala 400 do referido centro. Este fato é de vital importância: ter um espaço de pesquisa e apresentação de espetáculos é fundamental para a sobrevivência de uma companhia. O projeto, aliás, é único no país, pois disponibiliza espaços para grupos e companhias estáveis, dando teto a uma gama muito grande de profissionais interessados no desenvolvimento das artes cênicas. Em 2020 o grupo completa 17 anos de atividades sendo 10 deles no Projeto Usina das Artes(2005/2015) aos quais realizou: OFICINAS, CICLOS DE LEITURA DRAMÁTICA,ESPETÁCULOS CONVIDADOS, ESPAÇO COMPARTILHADO COM DIVERSOS GRUPOS PARA ENSAIOS E APRESENTAÇÕES, CEDÊNCIA PARA REALIZAÇÃO DE ESPETÁCULOS DO PALCO GIRATÓRIO,DEBATES, DEMOSNTRAÇÕES DE PROCESSO, ADAPTAÇÃO DE CONTOS UNIVERSAIS PARA TEATRO(DOSTOIÉVSKI E CORTÁZAR)...ENFIM...UMA GAMA TÃO EXPRESSIVA DE ATIVIDADES QUE PODEM SER RESUMIDAS EM NÚMEROS:
15 ESPETÁCULOS
JOGOS NA HORA DA SESTA de Roma Mahieu
CAIO DE BOCA E ALMA adaptação de 3 contos de Caio Fernando Abreu
EU PRECISO APRENDER A SER SÓ criação coletiva
FALA COMIGO DOCE COMO A CHUVA de Tennessee Williams
O ANJO EXTERMINADOR de Renato Del Campão livremente inspirado no filme de Luis Buñuel
TEM PIEDADE SATÁ DESTA LONGA MISÉRIA colagem de textos
EU PESSOA E OS OUTROS EUS poesias de Fernando Pessoa
APARECEU A MARGARIDA de Roberto Athayde
A SERPENTE de Nelson Rodrigues
PODE SER QUE SEJA SÓ O LEITEIRO LÁ FORA de Caio Fernando Abreu
VIVA, ÁGUA VIVA de Renato Del Campão inspirado em Clarice Lispector
QUEM TEM MEDO DE ITÁLIA FAUSTA de Ricardo de Almeida e Miguel Magno
QUEREM ACABAR COMIGO colagem de textos
A IMPORTÂNCIA DOS MONOSSÍLABOS E DAS INTERJEIÇÕES ÁTONAS DO DIALETO JAVANÊS NA LITERATURA DRAMÁTICA DE JAVA, DURANTE OS ÚLTIMOS QUINZE DIAS DE SÉCULO XII ANTES DE CRISTO de Renato Del Campão, livremente inspirado em Ricardo de Almeida e Miguel Magno
CADARÇO DE SAPATO OU NINGUÉM ESTÁ ACIMA DA REDENÇÃO criação coletiva livremente inspirada na dramaturga inglesa Sarah Kane.
CABARÉ DO CAIO – de Caio Fernando Abreu

CABARÉ VENENO – Criação coletiva

HOMEM DE LUGAR NENHUM – Criação coletiva.

OFICINA DE PROCESSOS CRIATIVO • C/ RENATO DEL CAMPÃO E EDUARDo KRAEMER

R$979,00Preço
  • TURMA 1º SEMESTRE:

    28/03 a 27/06, sábados das 14h às 17h 

    Feriados: 10/04 e 01/05

    Apresentação: 27/06

     

    TURMA 2º SEMESTRE:

    15/08 a 31/10, sábados das 14h às 17h

    Apresentação: 07/11

     

    • CASA DE TEATRO DE PORTO ALEGRE (Av. Cristóvão Colombo, 400)

  • FAÇA SUA INSCRIÇÃO COM A MAIOR ANTECEDÊNCIA POSSÍVEL PARA GARANTIR A SUA VAGA!

    • R$ 979,00

    • Boleto ou cheque até 3 x R$ 326,40

    • Banricompras até 5x R$ 195,80

    • Demais cartões até 5x R$ 216,00

    • R$ 881,00: desconto de 10% para pagamento à vista em dinheiro, cheque e ou cartão de débito. Valor esse parcelado para alunos ou ex alunos da Escola em até 3x no boleto ou cheque/5 x nos cartões.

    • R$ 783,20: desconto de 20% para pagamento à vista, aluno ou ex aluno da Escola.


    • Transferência bancária:

    1 - Transfira o valor para:

    BANRISUL - Ag: 0643 - C/c: 0600901309

    ESCOLA CASA DE TEATRO LTDA - CNPJ: 34.562.960/0001-67

    2 - Após a transferência realizada, envie o comprovante para contato@casadeteatropoa.com.br identificando o seu NOME, seu CPF e o CURSO ESCOLHIDO.

     

    OUTRAS FORMAS DE PAGAMENTO: cartões VISA, MASTER, ELO, AMERICAN EXPRESS, DINERS, HIPER e BANRICOMPRAS (débito e crédito) / CHEQUE (somente pessoa física) / BOLETO / DINHEIRO (somente à vista)

CASA DE TEATRO DE PORTO ALEGRE

(51) 3029.9292 | (51) 3062-9492

contato@casadeteatropoa.com.br 

Av. Cristóvão Colombo, 400

Porto Alegre/RS - CEP 90560-002

  • facebook_logo_png_transparent_background
  • Instagram-Icon
  • Twitter ícone social
  • YouTube ícone social